Pedido de Reunião Virtual
Luximos Christie's International Real Estate

Porto: Museu de Serralves no top 10 dos melhores da Europa

Porto: Museu de Serralves no top 10 dos melhores da Europa

O Museu de Serralves está no Top 3 dos museus contemporâneos da Europa. A sua localização única é também uma das mais concorridas para a compra de casa no Porto

Inaugurado em junho de 1999, o Museu de Arte Contemporânea de Serralves, no Porto, no Norte de Portugal, foi sendo visto pelo mundo, ao longo dos seus mais de vinte anos de existência, como um caso sério de excecionalidade nas suas múltiplas valências. Desenhado pelo premiado arquiteto portuense Álvaro Siza Vieira, distinguido com o Pritzker em 1992, o edifício está localizado num território privilegiado, no coração de um jardim com mais de 18 hectares, ao lado dos Pinhais da Foz. Este pulmão verde em pleno centro urbano é um dos locais mais concorridos da cidade para a compra de casa. É ali, entre a Boavista e Aldoar, que se encontram várias moradias e empreendimentos de luxo, com apartamentos que beneficiam de vista mar para a Foz do Douro. Agora, o Museu de Serralves, foi também eleito pelo site de turismo e lazer "European Best Destinations" como um dos melhores museus da Europa para visitar em 2022, surgindo em 10º lugar, a par do The Museum of Broken Relationships, em Zagreb, na Croácia. Em termos estritos de arte contemporânea, Serralves ocupa mesmo o terceiro lugar.

 

Artigo Relacionado: Porto na mira dos investidores imobiliários em 2022

 

"Serralves é o principal museu de arte contemporânea em Portugal, com uma localização única nos terrenos da Herdade de Serralves, que inclui também um Parque e uma Casa", sintetizou o site. "Através da sua coleção, exposições temporárias, espetáculos, programas educativos e públicos, iniciativas editoriais e colaborações nacionais e internacionais, o Museu promove a compreensão e a valorização da arte e cultura contemporâneas. Apresentar a obra dos mais importantes artistas da atualidade a diversos públicos, estreitar os laços com a comunidade local e estimular a reflexão sobre a relação entre a arte e o meio ambiente intrínseca ao contexto de Serralves são fulcrais na missão do Museu", lê-se no documento que elenca a lista dos outros museus distinguidos, nomeadamente o Prado, em Espanha, os britânicos Tate Modern e o British Museum ou os franceses Centre Pompidou e Louvre. 

A Fundação, que acolhe o Museu - "Era um museu quase impossível, porque não podia ter impacto na rua nem no jardim. Sendo um edifício grande, teria que não agredir a envolvência, que é uma zona residencial de casas de dois pisos, e teria que harmonizar um jardim de grande qualidade", explicou, então, Álvaro Siza -, não tem cessado de expandir o projeto inicial. A área expositiva prepara-se para ser aumentada em 40%, através da construção de um novo edifício, que será desenhado para respeitar a área do parque. A obra, que inclui uma moradia que vai desenvolver-se em três pisos, composta por cave e dois espaços expositivos, deverá ficar concluída em junho de 2023. Nessa altura, o Museu passará a dispor de um total de 6.280 metros quadrados de áreas expositivas, face aos atuais 4.484,90, o que é encarado como fundamental para a sua afirmação internacional num novo patamar. “Nos últimos anos, temos vindo a reforçar o trabalho em volta da Coleção de Serralves. E temos vindo a conseguir a atração de vários depósitos e coleções. E a coleção é, sem dúvida, a alma do museu. E precisa de espaço para estar exposta em permanência”, justificou Ana Pinho, atual presidente da Fundação.

 

Artigo Relacionado: Porto em terceiro lugar no ranking das cidades com futuro

 

Serralves foto interior

 

Por outro lado, em 2019, foi também inaugurada a Casa do Cinema Manoel de Oliveira. Trata-se de um projeto que repete a assinatura de Siza Vieira, e que rapidamente se transformou num polo de referência no domínio do Cinema, mas também num lugar único de acesso à extensa obra do realizador e mestre Manoel de Oliveira (1908-2015). A Casa é composta por dois blocos, que ampliam a paisagem: o primeiro, mais discreto, parte da reconversão da antiga garagem do Conde de Vizela, e como que inspira o segundo bloco, ao qual se liga através de um corredor de buganvílias. Mas a Casa que representa uma verdadeira viagem no tempo, e que sofreu obras de restauro em 2021, é a casa cor-de-rosa,  exemplar único da arquitetura Art Déco, que remonta aos anos 30 do século XX, onde nem a casa de banho dispensa a visita. Com entrada principal na propriedade pela avenida Marechal Gomes da Costa, este imóvel, cujo interior foi desenhado pelo Jacques Ruhlman, um dos grandes mestres dos móveis franceses e da arquitetura de interior, é de conhecimento obrigatório.

Já o Parque de Serralves, projetado pelo arquiteto Jacques Gréber nos anos 30 do século XX, composto por jardins, matas e uma quinta tradicional, dispõe agora, também, de um magnífico Tree Top Walk, um passadiço em madeira que nos conduz não só pela copa das árvores (carvalhos, ciprestes, sequoias, etc), como também por um imaginário capaz de dar a volta ao mundo. Nesta altura do ano (de junho a outubro), o Parque oferece ainda o seu premiado festival de luz, uma instalação imensa e minuciosa, espalhada por três quilómetros, que anualmente proporciona uma experiência noturna inesquecível.

 

Artigo Relacionado: Porto e Douro são o "novo Mónaco" da Europa

Pedido de Contacto
PARTILHAR EM:

Imóveis em Destaque: Porto

Apartamento, para venda, no centro do Porto
Ref.: LS03158
€ 150 000
Apartamento novo, para venda, no Centro Histórico do Porto
Ref.: LS04484-M
€ 491 000
Apartamento penthouse duplex, para venda, no Centro do Porto
Ref.: LS03828-G
€ 500 000
Moradia contemporânea com jardim para venda, no Porto
Ref.: CS03009
€ 1 580 000
Apartamento novo com varanda, para venda, em Leça da Palmeira
Ref.: LS04510-LT0785
€ 415 000
Apartamento novo com terraço, para venda, no Centro do Porto
Ref.: LS04038-F
€ 448 000

SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

© 2018, LUXIMOS.  | ENTREPORTAS