Luximos Christie's International Real Estate

E se tivesse um chef em sua casa, exclusivo só para si?

E se tivesse um chef em sua casa, exclusivo só para si?

O céu é o limite para Ricardo Stella, o chef brasileiro que vai a sua casa trabalhar para que você possa brilhar e impressionar.

Já lhe aconteceu ter vontade de convidar um grupo de amigos para jantar em sua casa, mas estar tão cansado que acaba invariavelmente por adiar o encontro?

Já lhe aconteceu preparar uma festa no seu apartamento e, quando finalmente tudo fica pronto para ser degustado, sentir-se tão exausto que não consegue desfrutar nem da ementa nem da companhia?

Já lhe aconteceu oferecer, na sua moradia, uma festa que corre tão bem mas acaba tão tarde, que depois não consegue ter coragem para arrumar tudo?

Já lhe aconteceu pensar que o restaurante mais bonito e confortável que conhece é mesmo a sua sala de jantar e a sua casa com vista?

Já lhe aconteceu querer muito estar reunido à mesa com a sua família sem sair do aconchego da sua propriedade, mas também não querer ter o trabalho de preparar a casa?

Já lhe aconteceu desejar que os restaurantes tivessem um quarto para crianças, para poder continuar a conversar e a saborear os digestivos quando os seus filhos já estão rabugentos e a tombar de sono?

Já lhe aconteceu apetecer-lhe falar alto e, simultaneamente, não querer ser ouvido pelos vizinhos da mesa do lado?

Todos nós já passámos por estas e por outras situações idênticas. E todos nós já sentimos que seríamos melhores amigos, melhores pais, melhores familiares, melhores pessoas, se de vez em quando tivéssemos uma varinha mágica pluridisciplinar que nos ajudasse a receber as pessoas de quem gostamos, sem que isso implicasse termos de passar cinco horas na cozinha, e outras tantas horas partilhadas entre o supermercado e a arrumação. E seríamos ainda melhores se oferecer um almoço ou um jantar não fosse sinónimo de termos de controlar duas dezenas de coisas diferentes ao mesmo tempo. A boa notícia é que hoje já não é preciso magia para oferecer jantares de luxo e para impressionar os convidados sem ficar cansado nem privado da própria festa.

Se é uma dessas pessoas que tem sempre jantares prometidos em falta, ou que acumula festas sonhadas que nunca aconteceram, pode finalmente começar a colocar a agenda - de pessoas e de sonhos - em dia. Ricardo Stellao chef brasileiro que está a conquistar as famílias portuguesas, não faz magia, mas apresenta um serviço inovador, elegante e personalizado que se distingue não apenas pela qualidade e pelo design da gastronomia confecionada, mas também por todo o serviço, que começa a preparar muito antes de chegar a sua casa. É um serviço ao domicílio, mas qualquer comparação com um serviço de catering é completamente errada. O trabalho de Stella é feito exclusivamente para si, pensado e idealizado consigo - duas cabeças e quatro mãos - e, por isso mesmo, irrepetível. Só tem uma desvantagem: os seus convidados podem nunca mais querer ir embora da sua casa.

Gastronomia italiana, mediterrânica, contemporânea e com design

Ricardo Nápole Stella tem 47 anos e nasceu em São Paulo, no Brasil, onde viveu a maior parte da sua vida. Licenciado em Administração de Empresas, com especialização em Marketing, área em que desenvolveu a sua carreira nas duas últimas décadas, teve sempre no reino da gastronomia o seu maior hobby. Recentemente, decidiu inverter as suas prioridades profissionais, transformando o seu maior prazer no prazer maior dos outros. A proposta deste chef especializado em comida italiana resume-se numa frase: "você brilha e ele trabalha; você sonha e ele executa".

A missão de Stella é simplificar-lhe a vida: ele vai ao supermercado; ele escolhe os melhores produtos, sempre frescos e sempre biológicos; ele entrega-os em sua casa e prepara-os de acordo com a ementa que previamente lhe encomendou - e que pode contemplar um prato ou dois, com ou sem entradas e sobremesas. E pode ir desde a comida italiana à portuguesa, desde o menu tradicional ao moderno, desde os pratos quentes aos frios. 

Isto porque este chef não confiou apenas naquilo que aprendeu a fazer ao longo de toda a sua vida. Quis profissionalizar-se e especializar-se. Em 2014, impôs-se ter formação continuada na Europa e na América. Em São Paulo, frequentou, na Accademia Gastronomica, um curso de "Culinária Regional Italiana", ministrado por Giuseppe Gerundino, chef formado na La Cucina Italiana, a mais antiga escola gastronómica de Itália, e por Gabriela Pestana, uma jornalista que trocou as notícias pela cozinha. Pouco depois, Ricardo Stella foi convidado a participar na "Semana Internacional da Puglia", em Itália, coordenada pelos chefs puglieses Antonella Acatigna e Giuseppe Gerundino. Mais tarde, participou na "Semana Internacional da Sicília", também em Itália, com o chef Maurizio Urso, discípulo de mestres como Giorgio Nardelli, Gualtiero Marchesi e Gianfranco Vissani, e considerado o maior embaixador da cozinha siciliana em todo o mundo.

O homem que agora vive em Portugal rumou ainda à Toscana, para continuar a aprendizagem com Gerundino e outros chefs daquela região. Foi nessa altura que acabou por conhecer e trabalhar com a chef toscana Paola Baccett, no evento "Italian Cuisine at Casa Ombutto". Baccett é conhecida pela criatividade dos seus restaurantes e dos seus jantares privados, mas também pelas aulas de cozinha italiana que dá em Florença (Itália) e na Califórnia (EUA).

Durante o período em que refinou os seus ensinamentos, Ricardo Stella voltou várias vezes a Itália para novos certames e workshops, mas também fez incursões pelo seu Brasil natal, onde frequentou três cursos sucessivos com Rosny Gerdes, chef formado pela escola francesa Le Cordon Bleu e professor de gastronomia desde 2006: aí aprendeu "Culinária Regional Francesa", "Cozinha de Bistrot" "Cozinha Contemporânea". Mais tarde fez ainda uma formação em design gastronómico, especializando-se em "Food Design", o que ajuda a explicar por que razão, além de cozinhar em sua casa, ele faz também questão de colocar a mesa, tratar da decoração e servir os seus convidados durante toda a cerimónia.

Portugal, Ricardo Stella chegou em junho de 2018. "Se um dia viver em Portugal, será no Porto", costumava dizer o cozinheiro, como agora revelou ao blogue da LUXIMOS Christie's International Real Estate,para justificar a preferência que sempre teve pelo Norte do país. "Conhecia bem a cidade. Vim durante muitos anos em turismo, porque a família da minha mulher é portuguesa. E sempre disse que um dia haveria de viver no Porto." Rendido à cidade e às pessoas, o chef com dupla cidadania surpreende-se apenas com o desconhecimento dos portugueses em relação à gastronomia italiana. "Os portugueses acham que comida italiana é só pastas e pizzas." Não é. Mas mesmo no que tem a ver com pastas e pizzas, é ele quem faz a massa, sempre fresca, sempre na hora. Aliás, a massa, o recheio e os molhos. Por isso, o "cerimonial by Ricardo Stella", que decorre sempre em casa do cliente, eleva o trabalho deste chef privado ao nível da maior e mais prestigiante experiência gourmet.

Experiência exclusiva a partir de 30 euros

Casa apartamento moradia chef

Este novo serviço gastronómico de "personal chef" inaugurou três novos F na cozinha portuguesa: flexibilidade, facilidade e familiaridade. Stella explica porquê: "A flexibilidade tem a ver com o menu: o cliente é que decide o que os seus convidados vão comer, respeitando eventuais alergias, e cumprindo os gostos, o tipo de culinária (portuguesa, italiana, francesa ou outra) e o tipo de ementa, que pode ser mais moderna ou mais tradicional. A facilidade está relacionada com todas as tarefas que implicam servir uma refeição em casa, desde a ida às compras à limpeza integral da cozinha e da sala de jantar. A familiaridade diz obviamente respeito ao serviço de acompanhamento de mesa." O cliente só tem de estipular a data e o horário do serviço. O chefe pode até levar uma pequena equipa para o auxiliar se o grupo de convidados for extenso.

O ideal, diz, é que o grupo tenha entre seis e vinte pessoas. Mas aceita, igualmente, cozinhar apenas para um casal ou para grupos maiores. Geograficamente, e apesar de viver no Porto, Ricardo Stella tem disponibilidade para deslocar-se até cem quilómetros de distância da cidade, tanto para Sul como para Norte, podendo chegar até Espanha. De resto, a refeição também pode ser volante ou sentada à mesa. O seu menu inclui sempre couvert, entrada, um ou dois pratos e sobremesa, que pode ser doce ou fruta. Por ter uma parceria com um clube de vinhos, o chef Stella pode também fornecer as bebidas e até fazer a harmonização entre os diferentes momentos da refeição.

A marcação deve ser feita, pelo menos, com uma semana de antecedência, por telefone ou por facebook. Esta experiência completa é possível a partir de 30 euros por pessoa. A partir daí, assegura, "o céu é o limite". Stella é um dos chefs do projeto "The Supper Stars", mas é responsável, em nome próprio, pela Confraria Gastronómica, o serviço que promete imprimir outro luxo aos convívios em sua casa.

PEDIDO DE CONTACTO
PARTILHAR EM:

Imóveis em Destaque: Porto, Norte, Algarve

Venda de apartamento moderno com vista mar em Lagos, Algarve
Ref.: 1LS00909
€ 415 000
Moradia nova e moderna, em condomínio fechado de luxo, Porto
Ref.: CS03670-M13
€ 1 582 559
Venda de moradia moderna com piscina e jardim em Vilamoura, Algarve
Ref.: 1CS01173
€ 1 500 000
Venda de apartamento moderno com vista mar em Lagos, Algarve
Ref.: 1LS00891
€ 395 000
Venda de moradia com jardim, piscina e terraço, Maia
Ref.: CS01600
€ 890 000
Venda de apartamento, junto à Sé do Porto
Ref.: LS03664
€ 269 000

SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

© 2018, LUXIMOS.  | ENTREPORTAS
Contacte-nos
Algarve
+351 289 035 465
+351 967 233 629
Porto e Norte
+351 224 057 008
+351 932 773 095