Luximos Christie's International Real Estate

10 regras para trabalhar em casa sem perder a cabeça

10 regras para trabalhar em casa sem perder a cabeça

Trabalho é trabalho, conhaque é conhaque. Mesmo dentro de casa. Se tudo isto é novo, siga nosso manual de instruções para não perder a cabeça nem o bom humor.

Nossa vida parece cheia de contradições. Nos últimos anos, passámos provavelmente semanas inteiras suspirando pela sexta-feira que haveria de trazer-nos a possibilidade de usufruirmos de 48 horas seguidas no conforto de casa. Agora que estamos confinados em nossa moradia ou apartamento, suspiramos pelo dia em que poderemos circular livremente outra vez. Na verdade, não é uma contradição, é um sinal de equilíbrio.

Até este momento, a maioria de nós tinha sua rotina repartida na medida certa entre o trabalho, o lazer, a família e as tarefas domésticas. A pandemia Covid-19, que chegou a Portugal no dia 2 de março, veio alterar quase tudo - e também esse equilíbrio. Daí que, agora, o maior desafio seja conciliar a vida pessoal com a vida profissional dentro do mesmo espaço, sem perder a cabeça. E sem passar subitamente a considerar um problema estar dia após dia com aqueles que mais amamos. Não se sinta culpado: parece fácil, mas é muito difícil.

 

Artigo relacionado: Como proteger a sua casa do vírus?

 

Por isso mesmo, nós, na LUXIMOS Christie's, cujos colegas e colaboradores dos escritórios do Porto e do Algarve continuam acompanhando nossos clientes, com as distâncias recomendadas, criámos uma lista de regras baseada em nossa própria experiência.

 

Artigo relacionado: Porto e Algarve são paraísos fiscais para os reformados estrangeiros

 

À semelhança de muitos dos que nos leem, também estávamos habituados a ter a casa toda só para nós durante o dia. De repente, ter de partilhar o território de trabalho com quem não está trabalhando - como as crianças, por exemplo - é obviamente um contratempo. Partilhá-lo com quem também está trabalhando não é tarefa menos árdua. Nas famílias numerosas, mais do que um contratempo, parece uma provocação. Sobretudo numa altura em que todos estamos particularmente ansiosos.

Por isso, se acalme e leia nossas dicas e aceite uma sugestão preliminar: mesmo dentro de casa, trabalho é trabalho e conhaque é conhaque.

Se conseguir cumprir esta regra, já é meio caminho andado.

1. Definir horários e rotinas

Defina a parte da casa em que vai trabalhar. E nunca a altere. Aquele será seu local "exterior". Nunca lá entre de pijama, sem banho ou sem pequeno-almoço tomado. Cumpra todos os rituais habituais como se fosse para seu trabalho real. Se houver mais do que uma pessoa em teletrabalho em casa, e não houver oportunidade de cada um ter seu próprio espaço, partilhe os horários. É fundamental que o arranque, as pausas e o fim do dia sejam sincronizados. Se tem de fazer telefonemas, concentre a maioria numa determina hora, para não perturbar o trabalho do outro.

2. Não procrastinar

Se acha que o dia cresce só porque está em casa, está redondamente enganado. É verdade que economiza tempo nas viagens, porventura também na conversa com os colegas, e até nas reuniões. Mas não se iluda, trabalhar em casa exige uma disciplina férrea. Há uma quantidade infindável de pontos de distração que só percebe mesmo quem já está habituado a fazer da casa seu local de trabalho. Se a experiência é completamente nova para si, faça uma lista de tarefas diárias e cumpra-as, nunca as deixe para o dia seguinte. Procrastinar será seu maior pecado.

3. Não ser interrompido pelas crianças

Para as crianças, sobretudo se forem pequenas, pode ser difícil entender que estando os pais presentes em casa, não podem estar com elas a toda a hora. 

Nunca interrompa o trabalho para tarefas domésticas ou para atender os filhos. A família pode almoçar junta todos os dias, o que já será provavelmente uma novidade - e um privilégio. E pode até investir duas horas nesse almoço. O que não pode é se imiscuir nas tarefas dos outros durante o horário que tiver estipulado para trabalhar. É importante que todos respeitem o espaço e o tempo de todos. Lembre-se de que não está sozinho, em Portugal há quase um milhão de pais em casa.

4. Definir limite máximo para a televisão e para as redes sociais

As redes sociais são totalmente proibidas (a não ser que seu trabalho dependa delas). Trabalhar com a televisão ligada é mais proibido ainda. Nesta altura excecional de nossas vidas, a informação é mais importante do que nunca. Mas não precisa de estar sempre ligado, nem de assistir à sucessão de diretos, nem de estar em cima da última hora das notícias. Faça a experiência: cada exceção que abre, mesmo prometendo a si próprio que será apenas uma exceção de cinco minutos, se vai converter numa hora. Tem uma hora para perder?

5. Exercício físico

Se já praticava algum exercício físico, continue. Se não praticava, é uma boa altura para começar. Guarde pelo menos vinte minutos de seu dia para fazer ginástica. Pense que são esses vinte minutos que vão calibrar seu humor, sua concentração e ajudar a escoar a energia reprimida. Se tiver coragem, comece e termine o dia com exercícios. Estabeleça uma meta, que pode muito bem ser esta: no fim da pandemia, terei perdido cinco quilos.

6. Arrumação e organização acima de tudo

Se não deixa seu casaco nas costas da cadeira do escritório, nem o computador ligado, nem o cesto dos papéis cheio, nem papelada importante à vista, não o faça também em sua própria casa. Se obrigue a deixar o território limpo e arrumado para o dia seguinte. Essa disciplina vai ajudá-lo a organizar as tarefas em cada dia.

7. O sofá não é um escritório

Pode escolher qualquer divisão da casa para trabalhar, com exceção do sofá. Nunca misture zonas de lazer com zonas de trabalho. Caso contrário, mentalmente não vai conseguir separar o que é trabalho do que é descanso. Se responder a emails no sofá, por exemplo, vai depois descansar onde?

8. Saber parar

Se lembre de que a energia diária de qualquer um de nós é limitada. Não atenda telefonemas antes de começar o dia, nem depois de ter dado seu dia como encerrado. Não atenda, nem os faça, claro está. Saber desligar é uma regra básica do descanso. E é o que lhe permite, todos os dias, recomeçar de cabeça fresca.

9. Aplicações importantes

teletrabalho

As reuniões de trabalho não acabaram, o contato com os colegas ou funcionários também não. Por isso, há três aplicações eficazes que podem ajudar a resolver seus assuntos: a Microsoft Teams, que permite partilhar informações em tempo real (em Word, Powerpoint ou Excel) e fazer pontos de situação, com uma equipa alargada; a Zoom, que permite  chamadas ou videochamadas em grupo, partilhando o ecrã, para que todos estejam vendo o mesmo; e a já mais conhecida Google Suite, que permite a partilha de calendário, caixa de email e documentos, bem como o armazenamento de artigos. Um extra, para família e amigos use a House Party, que já tem alguns mas que agora ganhou um novo élan. Na prática, é como se todos os membros estivessem dentro da mesma casa, podendo fazer as mesmas coisas.

10. Humildade e tolerância

Estamos todos cansados de uma situação que é absolutamente nova e inesperada, e estamos todos com os nervos à flor da pele. Não se culpe nem culpe os outros. Se permita ter um dia mau por semana e nunca se esqueça de pedir desculpa. E tenha a humildade de reconhecer que cada pessoa tem sua circunstância, mas o momento é mau para todos. Tolerância é a palavra-chave do sucesso.

PEDIDO DE CONTACTO
PARTILHAR EM:

Imóveis em Destaque: Porto, Algarve

Casa de Campo, moderna e luxuosa, Douro, Porto, Portugal
Ref.: CS02492
€ 1 800 000
REDUÇÃO DE PREÇO
Moradia de luxo à venda com vista mar, Vale do Lobo, Algarve, Portugal
Ref.: 1CS00355
€ 4 475 000
Apartamento novo e moderno, V. N. Gaia, Porto, Portugal
Ref.: LS02555
€ 390 000
Apartamento remodelado, para venda, no Porto, Portugal
Ref.: LS03709
€ 185 000
Venda de moradia com piscina em Vila Nova de Cacela, Algarve, Portugal
Ref.: 1CS01202
€ 1 380 000
Venda apartamento novo T3 com varanda, Pinhais da Foz, Porto, Portugal
Ref.: CS03550-F
€ 665 000

Subscreva a nossa Newsletter

© 2018, LUXIMOS.  | ENTREPORTAS